Tel.: (71) 3217-8600 / e-mail: ouvidoriahs@prodalsaude.com.br

Hospital do Subúrbio, fotos internas. Fotos Mateus Pereira/GOVBA

O Serviço de Apoio Diagnóstico e Terapêutico (SADT) do Hospital do Subúrbio (HS) é constituído pelo laboratório de análises clínicas, serviço de bioimagem, métodos gráficos (eletrocardiograma e eletroencefalograma) e endoscopia (endoscopia respiratória e digestiva).

O serviço de bioimagem realiza os mais variados exames de diagnóstico por imagem, colaborando de forma ativa na definição das condutas terapêuticas. Engloba as modalidades de radiologia geral, tomografia computadorizada, ultrassonografia e ressonância magnética, atuando 24 horas por dia e nos 7 dias da semana. Tem foco nas demandas internas e, no caso da ressonância magnética, também atende pacientes externos através da Central Estadual de Regulação de Alta Complexidade do Estado da Bahia (CERAC).

Hospital do Subúrbio, fotos internas. Fotos Mateus Pereira/GOVBA

Para a realização dos exames, a Bioimagem utiliza equipamentos de última geração, por meio dos quais é possível rastrear traumas e fraturas ósseas (radiologia e tomografia), buscar a causa de dores abdominais e lesões de víscera (ultrassonografia), detectar patologias agudas infecciosas (tomografia), verificar patologias neurológicas e relativas ao músculo esquelético (ressonância magnética), dentre outras funções.

Condizente com a proposta do HS de oferecer um atendimento humanizado e de qualidade, o serviço de bioimagem conta, além da aparelhagem moderna, com uma equipe capacitada e estrutura física adequada. São duas salas de radiologia, duas de tomografia, uma de ressonância magnética, uma para endoscopia e outra para ultrassonografia. O hospital também dispõe de cinco aparelhos de raio-x portáteis para a realização de exames em pacientes impossibilitados de serem removidos para as salas da Bioimagem, a exemplo daqueles que estão nas UTIs.

Hospital do Subúrbio, fotos internas. Fotos Mateus Pereira/GOVBA

O laboratório de análises clínicas é responsável pela realização de exames de apoio diagnóstico, o que inclui exames de sangue, urina, fezes, culturas microbiológicas. É a equipe do laboratório que coleta o material, faz a sua análise clínica e entrega os laudos, emitidos via sistema informatizado, dando sustentação diagnóstica ao corpo clínico. O laboratório restringe o seu atendimento à demanda hospitalar, não existindo a possibilidade de atendimento ambulatorial. Desta maneira, o serviço dirige-se apenas aos pacientes que tenham sido atendidos no hospital por ocasião de uma situação de urgência ou emergência. Funciona durante as 24 horas do dia.

Hospital do Subúrbio, fotos internas. Fotos Mateus Pereira/GOVBA

Quando completou cinco anos de funcionamento, em 2015, o HS atingiu a marca de 1,8 milhão de procedimentos de apoio diagnóstico e terapêutico realizados. Ainda em seu terceiro ano de funcionamento, o hospital introduziu o “Exame Consciente” em sua política de segurança do paciente, o que favoreceu a racionalização deste recurso, evitando o desperdício e otimizando o desempenho assistencial.